quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

CASANOVA - LUXÚRIA

Matt Fraction e o brasileiro Gabriel Bá nos introduz em uma jornada de espionagem, conspiração e ficção científica das mais psicodélicas. Originalmente lançado em 2007 pela Image, "Casanova : Luxúria" chegou no Brasil pela Panini Books esse ano (2012) e inclui as edições 01 à 07.

Em um futuro distante, a ordem do mundo é mantida por uma agência chamada I.M.P.E.R.I.O. Seu diretor supremo é Cornellius, centralizador e perfeccionista, quase um "Nick Fury". Seu filho, Casanova Quinn, é um dos melhores espiões da agência, porém seu temperamento explosivo e rebelde o faz sempre entrar em desacordo com o pai. Além disso, Casanova possui uma irmã gêmea chamada Zephyr, que também é agente da I.M.P.E.R.I.O.... Contudo falar de mais detalhes da irmã é extremamente delicado, pondo em risco estragar grandes surpresas da trama.

Você sabe aquelas aventuras futurísticas que se levam muito a sério? "Casanova : Luxúria" tira um grande sarro disso tudo, apresentando uma ficção-científica extremamente divertida e descompromissada. Mas espere aí! A história está cada vez mais confusa! Provavelmente pela narrativa muito particular, reviravolta por cima de reviravolta, cheio de termos pseudo-científicos,  faz de Casanova um trabalho muito autêntico.

A arte simples e cartunesca, porém extremamente dinâmica e precisa de Gabriel Bá puxa o leitor pela mão e o faz mergulhar dentro de uma trama caótica que nem mesmo Casanova entende. Além disso, a coloração ficou por conta da brasileira Cris Peter, que fez um trabalho excelente com uma paleta de apenas 45 cores. Essa limitação acabou criando um clima muito característico para a história, tornando as cores uma marca registrada da obra.

Uma aventura que vale muito a pena conferir!